O empréstimo pessoal, também conhecido como crédito pessoal, é indicado para quem busca dinheiro sem necessidade de comprovar sua finalidade. O crédito pessoal é ideal para quem necessita de dinheiro rapidamente, seja para imprevistos ou para quitar dívidas do cartão de crédito.

Uma das vantagens do empréstimo pessoal é a contratação simples e rápida, com pagamento em parcelas que cabem no seu bolso. Essa parcelas podem ser pagas através do débito automático, boleto bancário ou cheque pré-datado. Você também escolhe a melhor data de vencimento para o pagamento das prestações. Após a análise e aprovação de crédito pessoal, geralmente em até 24 horas, o dinheiro fica disponível imediatamente para você usar como quiser. Outra grande vantagem deste tipo de crédito é que você pode pagar em até 180 meses (15 anos) e suavizar as parcelas.

 

O crédito pessoal pode ser feito por qualquer pessoa: trabalhador autônomo, aposentado, pensionista e até mesmo negativados. Em alguns casos, basta comprovar renda, ou seja, comprovar que você pode pagar esta dívida.

 

Após fazer a solicitação de crédito pessoal, o banco ou instituição financeira fará seu score, uma avaliação de risco para saber se você tem condições financeiras para pagar a dívida. No score são analisados: documentos pessoais, comprovantes de renda, hábitos de consumo, dívidas e outras informações públicas. Ter um Cadastro Positivo no Serasa pode ajudar você a ter seu crédito aprovado com mais facilidade!

 

A liberação do dinheiro é rápida: Depois da aprovação, o crédito cai na sua conta corrente em até um dia. Em alguns casos, o banco já deixa um valor pré-aprovado para você que será liberado pela internet no caixa eletrônico. Depois disso, você também deverá arcar com as prestações do empréstimo em dia para não pagar multas e juros sobre juros.

 

O empréstimo pessoal é quase sempre melhor do que entrar no limite do cheque especial. Isso porque principalmente para quem tem conta em banco e tem o hábito de pagar tudo em dia, o crédito pessoal costuma sair mais barato do que usar o limite do cheque especial da sua conta. Se caso você precisar cobrir uma emergência, negocie com o seu gerente e explique a situação, quem sabe ele até pode reduzir os juros.

 

Quem está com o nome sujo também consegue pegar o dinheiro: existem financeiras que fazem crédito pessoal para negativados – o que não acontece nos bancos. Mas fique atento, porque essa saída é mais cara e deve ser evitada.

De acordo com a Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac), dados de janeiro de 2016, a taxa média mensal de empréstimo pessoal foi de 8,14%. No mesmo período, a taxa média do cheque especial foi de 10,96% ao mês. Já a taxa do cartão de crédito continua sendo a mais alta de todas, com 14,56% ao mês. Ou seja, se você tem dívida no cheque especial ou no cartão de crédito, não perca tempo: solicite logo seu crédito pessoal e economize na taxa de juros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here